sexta-feira, 6 de fevereiro de 2015
      Minas Gerais tem 853 municípios e coleciona algumas cidades com nomes insuitados, como Ressaquinha, na região central, Passa Quatro, no sul mineiro e Fruta de Leite, no norte do estado. No entanto, o título de cidade com nome mais ousado é do município de Pintópolis, também no norte de Minas.

A cidade, que fica a quase 600 km de Belo Horizonte, tem cerca de 7.491 habitantes. Os moradores dizem já estar acostumados com o nome, mas contam que não simpatizam muito com a palavra. Mesmo assim, Pintópolis ainda vira piada para os que vivem há muito tempo no local e para os recém-chegados na região.

O produtor rural Cassimiro Campos diz não se importar com o nome do município. O carro que dirige foi até registrado ali e quando o fazendeiro visita as outras cidades do norte de Minas, as pessoas se assustam com o Pintópolis na placa do veículo.

— Faz muito sucesso e o pessoal acha muito engraçado. As pessoas perguntam "quem mora em Pintópolis é o que?" Às vezes, eu falo que é pintopolitano, outras vezes, eu falo pintudo.

O nome já chegou a ser pauta de sessões da Câmara de Vereadores da cidade. O parlamentar Edmilson Batista Nunes conta que alguns vereadores não estavam satisfeitos e queriam que a cidade fosse renomeada.

— A gente fica um pouco constrangido, é um nome diferente. Até pensamos em mudar. Hoje, acostumamos e eu acho o nome bonito.

Pintópolis, na verdade, nasceu como uma homenagem ao fundador do município. Germano Pinto era dono de terras no local e começou a abrir espaço para construção de casas e comércios. A região se desenvolveu e, na hora de registrar a cidade, Pinto tinha poucas alternativas.



— Eu queria noroeste de Minas, mas não podia ser esse. Falaram que tinha que ser "Germanópolis". Esse nome também não podia, porque não era só eu fundando. Então, ficou Pintópolis. Eu tenho a maior satisfação em morrer e deixar meu nome aqui. Germano Pinto.
Fundador da cidade tem orgulho do nome
Foto:Record Minas

Igreja Matriz Nossa Senhora D'Abadia


Falta de compromisso da equipe médica (um médico em especial) e toda a coordenação dos plantões de saúde que não conseguiram articular uma solução para o problema. Se por acaso ter uma doença grave teve-se que ir procurar atendimento em São Francisco. Os medicamentos necessários estão disponíveis no posto de saúde, mas e de que adianta isso se não há médicos, ou qualquer outra pessoa que possa prestar socorro.

Prefeito

 Lembrando que estamos em uma época em que nossa cidade recebe grande número de turistas, e são justamente estes turistas que necessitam de atendimento (neste caso), não me esquecendo dos habitantes da nossa cidade que passam pela mesma situação. Portanto, espero que alguma solução seja tomada, negligência médica não é algo que passa por despercebido.
Praça Germano Pinto - Centro

Ao refletir sobre tudo que foi abordado no post conclui que estamos nas mãos de certos profissionais que precisam urgentemente rever os seus conceitos em relação ao seu trabalho e cabe a administração pública tomar as providências necessárias. A medicina deve ser um ato de amor ao próximo e humanizar o atendimento precisar ser prioridade, podemos e devemos exigir uma postura mais profissional do referido médico e até mesmo denunciá-lo ao Conselho Regional de Medicina; se o mesmo está impossibilitado de atender precisa acionar os responsáveis para que possam tomar as providências necessárias.

Praça Germano Pinto






Cidade que amo Pintópolis, Vista Aérea

Cidade turística onde os visitantes sempre fazem uma piadinha sem graça. kkkkkkk
 
Amo de paixão minha pequena cidade Pintópolis

Cantor (Marlon) Mora no DF, mas Cidade natal é de Pintópolis Foto dos melhores momentos da Banda Imagem na Festa de Ano Novo de Pintópolis/MG - 2015.



    Para ter uma Pintópolis melhor não basta apenas eventos, festejos e fome zero. Uma das primeiras iniciativas é melhorar a infra estrutura da cidade. Investir em segurança pública que na cidade até hoje é precária, saúde e educação que são essenciais. De que vale tantas festas se falta o mínimo. Se há acidente grave nem grave nem brigadistas e seguranças para fazer a ronda na Cidade num tem. 

              Pintópolis, Minas Gerais, a cidade dos Pintos


Espalhe por ai https://www.youtube.com/watch?v=GE7qzvmQ83U


Um comentário:

  1. seu blog é show. sou de Urucuia, moro no Rio de Janeiro, e amo minha cidade também de Urucuia. normalmente vou de ano em ano visitar os familiares.
    gostei muito mesmo. parabens.
    att Edson

    ResponderExcluir

Quem sou eu

Minha foto

Adilene Martins, noiva, virgeniana 31 de agosto,  educadora física  de profissão. 

Seguidores

Tecnologia do Blogger.

Total de Visualizações

Me siga Retribuo

Quando seguir o blog me avise para eu poder retribuir

Popular Posts

Leitoras

Nome

E-mail *

Mensagem *

Quer pesquisar oque?