segunda-feira, 21 de maio de 2018

Ela estava internada no Hospital Nove de Julho, onde lutava contra um câncer de estômago descoberto em 2017.

Morreu na madrugada desta segunda-feira (21), aos 24 anos, a modelo e influenciadora digital Naiara Almeida, conhecida como Nara Almeida. Ela estava internada no Hospital Nove de Julho, em São Paulo, onde lutava contra um câncer de estômago, descoberto em meados de 2017.
O hospital confirmou que a morte dela foi às 5h30. O namorado de Nara, o modelo Pedro Rocha, falou sobre a morte de Nara no Instagram. "Infelizmente a Nara faleceu na noite passada, depois de tanta luta minha vontade era tê-la pra sempre, mas ela merecia descansar", postou o namorado.
"Sua morte deixa um vazio enorme no meu coração, mas ela vai viver pra sempre dentro de mim, será sempre minha inspiração, me fazendo enxergar o mundo de uma maneira melhor. Tenho certeza que ela vai continuar transmitindo sua força pra muita gente, porque esse era o objetivo dela. Descanse em paz meu amor", escreveu Pedro Rocha.
Nara Almeida e Pedro Rocha (Foto: Reprodução/Instagram/Nara Almeida)Nara Almeida e Pedro Rocha (Foto: Reprodução/Instagram/Nara Almeida)
Nara Almeida e Pedro Rocha (Foto: Reprodução/Instagram/Nara Almeida)
A luta de Nara ganhou força ao ser compartilhada em suas redes sociais. A atriz Tatá Werneck, que costumava trocar mensagens com Nara pelas redes sociais, também lamentou a morte da modelo. 
"Falava com a Nara sempre. E ela sempre estava confiante e com cada vez mais fé. Estou muito triste. Muito", disse Tatá ao G1.
A apresentadora Adriane Galisteu também lamentou a morte de Nara. 
“Eu fiquei tão triste. Fiquei sabendo agora, e fiquei arrasada. Ela lutou demais, uma menina que dividiu com a gente suas dores. Ela desmascarou um pouco essa doença porque as pessoas nunca falam, têm medo de usar a palavra... Ela expôs de um jeito que a fez a gente parar para pensar", disse Galisteu.
"Eu lembro que no começo com a coisa de querer ser magra de tomar remédio e de como tem coisas mais importantes que isso... Ela foi uma lição em todos os sentidos para nós e para o namorado dela. Um namoro de um ano, mas tenho certeza de que ele vai ter a vida transformada por causa dela. Foi um anjo que passou e deixou uma grande lição", completou a apresentadora, que está fora do Brasil a trabalho.


Com o tempo a gente aprende que tudo isso que achamos Importante como status, roupas, festas, dinheiro... é passageiro e passamos a enxergar o quanto nossa saúde é valiosa, nossa família, amigos, momentos... só quem tem, só quem já lutou, só quem já perdeu, ou tem parentes com o câncer sabe o sofrimento e a luta de cada dia pra nós, cada batalha vencida é uma grande lição. A gente quando é jovem pensa que nunca vai acontecer nada de ruim, vivemos como se não houvesse o amanhã, mas de uma hora pra outra isso tudo pode mudar! Valorizem a família, os amigos, e principalmente sua saúde. Aproveitem e sejam gratos pelo agora! Mesmo passando por momentos de dores e angústias, eu continuo sendo grata pela minha vida, continuo crendo que tudo vai ficar bem no final, continuo acreditando que vou realizar todos os meus sonhos. Amém!! 🙏 Palavras da modelo postado no seu instagram.


Via: G1
terça-feira, 15 de maio de 2018
Raimunda Almeida viajava todo dia da sede do município para a região do distrito de Juazeirinho, mas diante do desgaste físico e financeiro resolveu ficar na Fazenda diariamente. Mas ela também conta com ajuda dos irmãos para essa grande missão.
Via:Calila notícias

Raimunda faz o mesmo gesto de sua mãe quando a ela deu à luz há 45 anos.
O Calila Noticias traz neste domingo especial dedicado ás mães uma história de amor, carinho, dedicação e reconhecimento da dona de casa Raimunda Almeida, 45 anos, que deixou sua casa no centro de Coité para voltar a morar no Distrito de Juazeirinho com único proposito: cuidar de sua mãe Maria José Ribeiro de Almeida, 88 anos, que sofre com problema de Alzheimer.

Raimunda criou um canal na rede social só para fazer homenagem a sua mãe
Raimunda certamente não é nenhuma unanimidade neste tipo de dedicação, ela também não se coloca como única entre os 15 irmãos a realizar a árdua tarefa, mas que é superada pelo reconhecimento de quem por ela fez muito. Esta homenagem caberia também no segundo domingo de agosto, Dia dos Pais, pois, paralelo aos cuidados da mãe Raimunda em revezamento com outros irmãos cuida do pai Mario Carneiro de Oliveira, 95,  que também vive acamado depois de sofrer um AVC (Acidente Vascular Cerebral).

Este é o tratamento dado aquela que lhe deu a vida
Segundo Raimunda seus pais tiveram 22 filhos e têm 160 descendentes entre netos bisnetos e tataranetos. Aos 70 anos sua mãe adquiriu Alzheimer, pois viveu a sua vida simples na Fazenda Tanque, próximo ao Distrito de Juazeirinho e com muita dificuldades no trabalho do campo criou seus 15 filhos com muito carinho amor e dedicação e hoje se encontra em cima da cama já toda atrofiada e se alimentando através de mamadeira como se fosse um bebé renascido todos seus 15 filhos cuida dela com muito amor.
Raimunda conta mais sobre a dedicação e luta delas e dos seus irmãos para não deixar nada faltar aqueles que se doaram tanto.
domingo, 1 de abril de 2018

“5 anos x 6 dias”

Aos 4 anos de idade Victor recebeu o diagnóstico de Dermatite Atópica.
Hoje ele está com 9 anos, ou seja, foram 5 anos de muito sofrimento para ele e para seus pais.
Noites em claro, gastaram o que não tinham com cremes e remédios caros.
Durante 4 anos ele foi acompanhado pelos melhores especialistas em dermatite atópica no Hospital das Clínicas em São Paulo.

Influenciado pelos depoimentos das outras crianças, há 6 dias a sua família nos procurou e iniciamos o protocolo da Vitamina D.
Em apenas 2 dias ele já havia melhorado 50 % de todos os sintomas.
E agora, com apenas 6 dias de tratamento o seu pai nos encaminhou um vídeo relatando a incrível evolução dos sintomas e das lesões dermatológicas
Sabemos que dermatite atópica não tem cura, mas tem uma solução simples, barata e praticamente destituída de efeitos colaterais.
Precisamos divulgar esse tratamento para o maior número possível de médicos e pacientes.

segunda-feira, 26 de março de 2018

Fiança de R$ 1 mil foi paga, e ele vai responder em liberdade. Jovem passou por sessões de remoção da tatuagem, que não foram finalizadas.

jovem de 18 anos que teve a frase "eu sou ladrão e vacilão" tatuada na testa após tentar furtar uma bicicleta em São Bernardo do Campo, no ABC, em junho de 2017, foi preso em flagrante por furtar desodorantes em um supermercado neste sábado (24) em Mairiporã, na Grande São Paulo.
A fiança de R$ 1 mil foi paga, e ele vai responder em liberdade.
O crime ocorreu por volta das 19h40, quando o jovem estava em um supermercado na Estrada Arão Sahm, no Jardim Nipon, em Mairiporã.
Segundo o boletim de ocorrência, o dono do estabelecimento informou 
que viu o rapaz colocando dois objetos dentro da calça. Ao sair do local, o comerciante abordou o jovem e descobriu que ele estava com cinco frascos de desodorante escondidos.
A Polícia Militar foi chamada e levou os envolvidos para a delegacia de 
Mairiporã, onde o caso foi registrado.

Tatuado na testa

Em junho de 2017, o tatuador Maycon Wesley Carvalho dos Reis, de 27 anos, e o vizinho dele Ronildo Moreira de Araújo, de 29 anos, foram presos em flagrante por tortura em São Bernardo do Campo após tatuarem a inscrição "eu sou ladrão e vacilão" na testa do jovem, na época com 17 anos.
Os dois disseram para a delegada Carolina Nascimento Aguiar que 
resolveram tatuar a testa do adolescente "como forma de punição" 
porque ele tentou furtar uma bicicleta na região. Eles filmaram o 
jovem sendo tatuado.
Maycon e Ronildo foram presos após compartilharem o vídeo em grupos de WhatsApp, e as imagens viralizaram na internet.
O jovem foi internado em uma clínica para tratamento contra o vício de 
crack e álcool, na Grande São Paulo. Ele disse ao G1 que vive um dia
 por vez e que perdoa os responsáveis pela tatuagem. O jovem, agora com 18 anos, passou por sessões para a remoção da tatuagem, que não foram finalizadas.
Fonte: G1
sexta-feira, 16 de março de 2018
Um dos nomes mais icônicos da Rede Globo deve adiar sua aposentadoria mais uma vez. Galvão Bueno, que nunca escondeu o desejo de morrer trabalhando, deve continuar no esporte até 2022, ano da Copa do Mundo no Catar. Com salário de R$ 5 milhões por mês, o narrador trabalha na emissora há 37 anos.

Essa não seria a primeira vez que Galvão adiaria o fim da carreira: desde 2014 a aposentadoria do narrador icônico é cogitada, mas descartada. Desta vez, segundo a colunista Keila Jimenez, ele estaria negociando novo contrato com fim em 2022, ao invés do vigente que terminaria em 2020.
Em entrevista, Galvão Bueno já falou que não gostaria de parar de trabalhar. “Eu trabalho com uma coisa chamada paixão. Eu tenho paixão pelo meu trabalho. Eu digo sempre, parece um chavão bobo, mas eu sou um vendedor de emoções. Não penso em parar. Acho que não para nunca e, como dizia o Chacrinha, eu quero morrer no palco”, afirmou Galvão recentemente,em um evento de golfe. 
Com R$ 5 milhões mensais quem não se 'apaixona' eternamente pelo seu trabalho, hein?
Via: Feed club

Quem sou eu

Minha foto

Adilene Martins, noiva, virgeniana 31 de agosto,  educadora física  de profissão. 

Seguidores

Tecnologia do Blogger.

Total de Visualizações

Me siga Retribuo

Quando seguir o blog me avise para eu poder retribuir

Popular Posts

Leitoras

Nome

E-mail *

Mensagem *

Quer pesquisar oque?