quinta-feira, 4 de maio de 2017

Gloria Kalil indica o certo e errado na hora de usar a jaqueta de couro, peça clássica do guarda-roupa de inverno

A jaqueta de couro começa a dar ainda mais as caras com as baixas temperaturas se aproximando. Pensando nisso, Gloria Kalil dá o guia para não errar na hora de desfilar com a sua. 
+ GLORIA KALIL ENSINA COMO USAR COURO DE FORMA ATUALIZADA EM 5 PASSOS
"Jaqueta de couro é um investimento, porque você vai usar durante muitos anos. Ela nunca sai de moda, sempre volta e é uma coisa que funciona tanto no inverno quanto no verão. Nada melhor para o frio que uma jaqueta de couro, pois corta o vento e é um clássico. Pode ser perfecto ou uma mais simples de ziper: pode usar de manhã de tarde e de noite. Não tem hora pra usar, dá um toque moderno e mais jovem na roupa"
"Aqui está bem usada. É uma jaqueta que não é curtinha na cintura, portanto não divide o corpo em blocos. Camilla Belle experimentou três alturas de saia que funcionaram, acertando nas proporções. A jaqueta não corta a silhueta e dá uma alongada. Até de short ou minisaia daria certo. Três bons usos da mesma jaqueta".
"Um jeito clássico: com roupa preta. A saia é mini mas não ficou do mesmo tamanho da jaqueta. A jaqueta é levemente mais comprida, o que encomprida a cintura em vez de marcá-la".
"Veja que o acerto maior é usar com uma coisa mais comprida por baixo, pra não ficar blocado".
"Este é um recurso contrastante: o vestido de poá é leve e feminino e ela jogou uma jaqueta escura por cima para dar um pouco de impacto na roupa - e conseguiu. Dá uma cara mais roqueirinha para um vestidinho feminino e tira a simplicidade fazendo um visual mais marcante".
"Mesma proposta para aquelas que querem quebrar o visual menininha e fazer uma coisa mais impactante".
"O mais convencional: uma jaqueta mais curta porém com calça skinny e a camiseta usada pra fora, um pouco mais comprida. A jaqueta para no quadril, abaixo da cintura. Este é o visual mais rocker, o mais fácil de todos".
"Novamente o jeito mais fácil de usar. Tanto as jaquetas pretas como as coloridas vão bem com a combinação de camiseta mais comprida, skinny e botas".
"É uma jaqueta muito curta e a saia é mídi. Nem Adriana Lima segura essa proporção: como ela tem peito, fica com o corpo curto. Ela ficou sem cintura, porque a jaqueta cobre. O efeito foi de uma perna compridíssima e um tronco curto. Se a jaqueta fosse mais comprida ou a saia na altura do joelho, daria certo".
"A jaqueta também é muito curta e é do tamanho da saia, o que dividiu a silhueta dela em três blocos. Uma saia no joelho daria uma proporção diferente. Opte sempre pelas jaquetas na altura da cintura ou um pouco abaixo. É mais difícil de usar as curtinhas".
(TEXTO: HIGOR DORTA)
Via http://chic.uol.com.br/

0 comentários:

Postar um comentário

Quem sou eu

Minha foto

Adilene Martins, noiva, virgeniana 31 de agosto,  educadora física  de profissão. 

Seguidores

Tecnologia do Blogger.

Total de Visualizações

Me siga Retribuo

Quando seguir o blog me avise para eu poder retribuir

Popular Posts

Leitoras

Nome

E-mail *

Mensagem *

Quer pesquisar oque?