segunda-feira, 8 de maio de 2017

EM DETALHES! GIOVANNA EWBANK E BRUNO GAGLIASSO RELEMBRAM O PROCESSO DE ADOÇÃO DA FILHA TITI: “SOMOS SERES HUMANOS MELHORES”, DISSE A ATRIZ

Giovanna Ewbank e Bruno Gagliasso definitivamente conseguem o título de "pais do ano". Depois da adoção da pequena Titi, a vida deles mudou e consequentemente os olhos da mídia sobre os dois.
Em um depoimento de deixar qualquer um em lágrimas, eles contam como aconteceu o primeiro
momento em que viram a filha no Malawi. 

Giovanna conta que não estava preparada para ser mãe, tanto biológica quanto adotiva. Mas que, no momento em que abraçou Titi, pode sentir algo como um "reencontro". Vejam no vídeo abaixo:


Pai e mãe não só aqueles que geram uma criança. Pai e mãe podem ser de alma, amor e criação. E é isso o que a edição de maio, mês das mães, da Marie Claire mostra. Na capa, a publicação traz Giovanna Ewbank e, pelas páginas, a atriz contou em detalhe à revista o processo de adoção de sua filha, Titi. 

Ao lado do marido, Bruno Gagliasso, a atriz relembrou todo o período que durou cerca de um ano e meio e foi composto por mais de dez viagens ao Malawi, cidade de Titi. Pela primeira vez, Giovanna revelou os momentos de angústia e os bastidores do processo que até hoje emociona a atriz.

A cada viagem, Giovanna contou que a expectativa aumentava mais. Prova disso é que, assim que mergulhou em sua melhor aventura, a atriz já começou a arrumar o cantinho de Titi no Rio de Janeiro. O quartinho da pequena, que o casal dizia que era um cômodo em obra, ficou cerca de um ano fechado esperando sua chegada. 

“Foi um processo doloroso porque sabíamos que poderíamos dar melhores condições a nossa filha. O alimento lá era mingau”, contou a mãe. “Eles jogavam o prato de comida no chão como se as crianças fossem cachorros”, completou Bruno.

Hoje, sem esconder a felicidade, Giovanna e Bruno garantiram que querem manter vivas as raízes africanas da menina. De acordo com o casal, viajar para o Malawi uma vez por ano com Titi faz parte dos próximos planos da família. 

O que também está inserido no futuro do casal é a vontade por mais filhos, biológicos ou não. “Queremos adotar mais um. Não sei se no Brasil ou fora. Para mim, o que menos importa é o local ou nascer dentro de mim ou não. A relação entre mãe e filho não é do corpo e sim da alma”, sintetizou Giovanna.
Bruno Gagliasso, Giovanna Ewbank e Tití (Foto:  DANIEL DELMIRO/Agnews)
Texto:heloisatolipan
Imagens: google

Vale apena assistir o vídeo até o final emocionante.



Um comentário:

Quem sou eu

Minha foto

Adilene Martins, noiva, virgeniana 31 de agosto,  educadora física  de profissão. 

Seguidores

Tecnologia do Blogger.

Total de Visualizações

Me siga Retribuo

Quando seguir o blog me avise para eu poder retribuir

Popular Posts

Leitoras

Nome

E-mail *

Mensagem *

Quer pesquisar oque?