domingo, 8 de julho de 2018

Rogério Favreto acatou pedido de habeas corpus apresentado por deputados petistas.

Ordem foi suspensa pelo relator do caso, mas Favreto despachou de novo por soltura

O desembargador Rogério Favreto, que trabalha como plantonista no Tribunal Regional Federal 4 (TRF-4), em Curitiba, determinou que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva seja solto neste domingo. Ele acatou um pedido de habeas corpus apresentado na sexta-feira pelos deputados Wadih Damous, Paulo Pimenta e Paulo Teixeira. A decisão foi questionada pelo juiz Sérgio Moro, responsável pelas ações da Lava Jato e quem determinou a prisão dele no início de abril, mas já houve uma nova determinação de cumprimento imediato por parte de Favreto. O embate jurídico chegou ao relator do caso que levou Lula à prisão, o desembargador Gebran Neto, que determinou a manutenção da prisão. Depois disso, Favreto despachou de novo para reforçar sua decisão, determinando soltura em uma hora. Por enquanto, o ex-presidente permanece preso na carceragem da Polícia Federal, em Curitiba.

FonteBrasil el país
Os petistas seguem fazendo pressão pela soltura do ex-presidente Lula.

PF estamos esperando! Cadê a liberdade de Lula?! Qual é a desculpa da demora? Erro de sistema sobre a transmissão da decisão? Últimos procedimentos? Estão esperando o que? Vcs são complacentes com a destruição do processo legal, do Estado Democrático de Direito!
INSERIR

COMPARTILHAR
  • Compartilhar no Linkedin
  • Compartilhar no Google +
Faz 1 minuto
avatar
Rodolfo Borges
Associação Juízes para a Democracia (AJD) divulgou nota"em defesa da independência funcional de Rogério Favreto e contra a violação do princípio do juiz natural pelo próprio judiciário". Em referência ao juiz Sérgio Moro e ao desembargador Gebran Neto, a AJD diz que é incabível "que magistrados de instâncias inferiores ou de mesma instância profiram contraordens à decisão de segundo grau, analisando a validade ou não dessa, especialmente no curso do período de férias e não estando nem sequer na escala de plantão".
INSERIR

ar
Manifestantes do movimento Vem Pra Rua também chamam aliados para a avenida Paulista, mas para protestar contra o PT.
INSERIR

COMPARTILHAR
  • Compartilhar no Linkedin
  • Compartilhar no Google +
Faz 2 horas
avatar
Rodolfo Borges
Os petistas também promovem vigília em Curitiba.
INSERIR

COMPARTILHAR
  • Compartilhar no Linkedin
  • Compartilhar no Google +
Faz 2 horas
avatar
Rodolfo Borges
O PT convoca ato na avenida Paulista para as 17h deste domingo.
quarta-feira, 4 de julho de 2018
Nesta segunda-feira (2), uma mulher chamada Fernanda Taysa, de Governador Valadares, chamou a atenção nas redes sociais após relatar o que aconteceu com sua filha, Bella. A menina teve o cabelo cortado e alisado, sem seu consentimento, pela madrasta.Bella, de apenas 8 anos, esbanjava estilo em sua conta no Instagram, mostrando seus cachos para 83 mil seguidores. No entanto, a mãe da menina, Fernanda Taysa, usou as redes para fazer um desabafo, afirmando que a filha teve seu cabelo alisado com produtos químicos pela madrasta sem a sua autorização.
Segundo o relato da mãe no Facebook, a menina foi para a casa do pai na sexta-feira já com os cabelos lavados e penteados. No domingo, o pai de Bella ligou comunicando a sua mãe que a madrasta havia cortado os cabelos da menina, mas que havia sido só “as pontinhas”.
De acordo com Fernanda, na verdade a madrasta cortou mais da metade do cabelo de Bella e ainda o alisou. A mãe desabafou indignada, dizendo que ainda escutou do pai que “cabelo cresce”.
Veja o que a mãe escreveu em sua postagem no Facebook
“Na sexta-feira, ela foi pra casa do pai dela com os cabelos lavados e penteados, para que ninguém tivesse o trabalho de encostar no cabelo dela para pentear. Pois bem, ontem eu recebi um telefonema do pai me comunicando que a mulher dele cortou os cabelos da Bella sem a minha permissão e que foram só as pontinhas”. Contou Fernanda.
Oi? Pontinhas? Ela cortou o cabelo dela mais da metade e alisou. E quando ela molhar o cabelo vai encolher mais ainda – contou Fernanda.
Ela disse que o posicionamento da atual esposa de seu ex-marido já tinha sido manifesto durante uma conversa de vídeo pelo telefone, quando a mulher mandou a menina prender o cabelo.
“Eu, na hora, juntamente com a minha mãe, achei ruim dela ter dito isso pra Bella. Mas fiquei na minha e não disse nada .Fiz umas duas postagens recentes dizendo que ela é uma princesa que não usa coroa e sim cachos e um vídeo no qual eu dizia que ela iria usar os cabelos soltos onde fosse da vontade dela. Quem acompanha os trabalhos da Bella e a acompanha nas redes sociais sabe que ela desde pequenininha é uma criança empoderada e hoje nem dormi direito, pois ela já chegou aqui em casa com baixa estima”, relatou a mãe.
Fernanda ainda teve que escutar justificativas como “cabelo cresce” e “ela amou o cabelo liso”. “Cresce, porém é direito dela se sentir bem com a identidade dela, suas raízes, sua história. Isso não pode ser violado por vaidade nenhuma, a menos que a mesma queira e quanto a isso eu tenho a convicção de que ela não quis. As imagens mostram a diferença das pontas e o quanto ela ‘amou seu cabelo liso”, disse ainda Fernanda. A publicação no Facebook já teve mais de 163 mil curtidas e 56.125 compartilhamentos nesta segunda-feira. A atitude da madrasta gerou revolta em vários internautas que resolveram comentar o post. 
“Olha eu irá a delegacia dar queixa dessa mulher”, escreveu uma internauta. “Que crueldade… falta do que fazer… Por que ela não cortou os dela? Invejosa sem noção. Um cabelo tão lindo fazer isso com uma criança e muito maldade gente!”, comentou outra pessoa. “Poxa, lamento o que aconteceu com sua filhinha. Por agora o que você pode fazer é tentar que isso não afete em grandes proporções.
Sei como é ruim, estou em transição há 9 meses, mas logo o cabelinho dela voltará a ser lindo e natural novamente”, escreveu uma seguidora. 

    Fonte: izziinteressante

sexta-feira, 22 de junho de 2018
Geraldo Luís, apresentador da Record responsável por comandar o Domingo Show, sucesso nas tardes de domingo da emissora, acabou dando um susto em sua equipe de trabalho durante gravação para o programa. Na internet, ele acabou revelando que passou mal durante uma gravação do programa em Goiânia, mas já está bem. O contratado do bispo Edir Macedo publicou no Instagram fotos em que aparece deitado, sendo medicado por uma enfermeira. 

Após a publicação, Geraldo recebeu apoio de diversas pessoas, entre eles, famosos. “Melhoras”, escreveu Helen Ganzarrolli. “Melhoras, garoto, você é gente da gente”, postou Tiririca.

Essa não é a primeira vez que Geraldo passa mal no trabalho. Ao receber um quadro de Renata Alves, no especial Família Record, que retratava seu colega de canal ao lado de Marcelo Rezende, Geraldo não conteve a emoção e precisou ser amparado.







SBT ESTARIA NEGOCIANDO COM GERAL LUÍS

O ano de 2018 ainda está em pleno andamento, mas as equipes e direção do SBT seguem estudando atrações e contratações para a grade de programação da emissora. Uma fonte do TV Foco dentro da Record, por exemplo, garante que Geraldo Luís segue “namorando” novamente com o canal de Silvio Santos para um possível programa.
A ideia seria que Geraldo Luís tivesse um programa nos sábados a tarde no SBT, hoje no horário em que Raul Gil ocupa na emissora. Ainda não se sabe, se a ideia seria para o segundo semestre ou para 2019, mas é certo que o apresentador não esconde que tem vontade de ir para a emissora de Silvio Santos. Geraldo Luís está insatisfeito na Record, principalmente depois que a emissora resolveu extinguir sua plateia, cenário e componentes do Domingo Show, que vinha obtendo boa audiência, apesar de baixo faturamento para a emissora. Outro fator que contribuiu para a negociação, é que o atual contrato do apresentador com a Record não o engessa, pelo contrário, é passível de quebra sem grandes valores envolvidos.
Ainda falando em planos para o SBT, o TV Foco também apurou que a emissora estaria conversando novamente com Tutinha, dono da trupe do Pânico, que saiu do ar no fim do ano passado. Os humoristas ensaiam um retorno no canal de Silvio Santos mesmo. As negociações estariam em andamento. Apenas na parte de Emilio Surita estaria existindo certa resistência. Isso porque, o apresentador tem deixado claro que prefere ter esse ano de 2018 como respiro e voltar com o programa apenas em 2019. Para essa estreia o SBT também cogita os sábados, só que na parte da noite. Agora resta aguardar para ver!           FONTE:https://www.otvfoco.
segunda-feira, 18 de junho de 2018

Vitória Gabrielly: corpo da menina foi encontrado com pés e mãos amarrados, diz advogado

O advogado não soube explicar o que teria motivado esta vingança e nem se o alvo seria mesmo a criança ou se a teriam confundido com outra. A polícia aguarda o laudo do Instituto Médico Legal (IML) para confirmar as causas da morte.
O advogado da família disse que o corpo da menina estava com os pés e as mãos amarrados. A polícia não confirma, porque o caso está sob sigilo.
Em entrevista ao G1, na manhã desta segunda-feira (18), o advogado Roberto Guastelli contou que, tem convicções de que o crime foi motivado por vingança, pelo modo como o corpo foi encontrado. A polícia também não confirma esta hipótese, e investiga o caso.
“Ela foi encontrada com os pés e com as mãos amarrados e morta por asfixia e esganadura. Pelo histórico profissional que tenho, percebo que é uma vingança, pois não teve crime sexual envolvido ou qualquer outra motivação de outro crime”, afirma o advogado.
O advogado afirma que teve acesso a informações do IML.
“Vitória Gabrielly já estava morta há sete ou oito dias, ou seja, ela foi morta no mesmo dia em que sumiu. Só não sabemos se ela estava lá desde o dia 8 de junho ou se foi colocada depois”, diz.
O corpo da jovem foi encontrado na Estrada de Aparecidinha, no bairro Caxambu, por volta das 13h de sábado (16). Segundo a PM, ela estava ao lado dos patins e com a mesma roupa que vestia no dia do desaparecimento.
Fonte:G1
sábado, 16 de junho de 2018

Após uma denúncia pelo 190, a Polícia Militar localizou o corpo de Vitória Gabrielly Guimarães Vaz, de 12 anos, em uma estrada de terra, no bairro Caxambu, em Araçariguama (SP). Suspeito que deu seis versões sobre o caso está preso temporariamente.


O corpo da adolescente Vitória Gabrielly Guimarães Vaz, de 12 anos, que desapareceu ao sair para andar de patins, em Araçariguama (SP), foi encontrado em uma estrada de terra, ao lado dos patins, no início da tarde deste sábado (16).


De acordo com a Polícia Militar, a equipe foi acionada pelo telefone 190 e seguiu para a Estrada de Aparecidinha, no bairro Caxambu, Zona Rural de Araçariguama, por volta de 13h. O local fica a cerca de 7 km de distância do ginásio de esportes da cidade, onde a menina foi vista pela última vez.

A Polícia Civil também confirmou que o corpo é de Vitória Gabrielly. Os pais da garota se deslocaram ao local para acompanhar o trabalho da polícia.

Ainda conforme a PM, a menina está com a mesma roupa que vestia no dia do desaparecimento. O corpo foi localizado em uma trilha, a cerca de 15 metros de distância do trecho onde passam veículos. As causas da morte ainda estão sendo investigadas.

Principal suspeito
Na manhã deste sábado (16), a Polícia Civil confirmou a prisão do suspeito que apresentou seis versões diferentes sobre o desaparecimento da menina. A Justiça decretou a prisão temporária do homem, que não teve a identidade divulgada, por cinco dias.

Para a polícia, o servente de pedreiro é a principal testemunha do caso, pois afirma que esteve com a garota na sexta-feira (8), quando ela foi vista pela última vez.

O rapaz preso chegou a apontar locais por onde a menina pode ter passado em Mairinque. De acordo com o delegado seccional Marcelo Carriel, ele disse ser usuário de drogas e revelou que esteve com a garota junto com um casal em um carro.

O delegado disse que a menina pode ter sido levada por engano. O homem afirmou que foi deixado em uma rua na volta para Mairinque, cidade onde mora, e que a menina seguiu com o casal no carro.

O casal também prestou esclarecimentos à polícia e teve o carro apreendido, mas foi liberado na quinta-feira (14).

Buscas duraram uma semana

As buscas pela menina Vitória Gabrielly duraram uma semana e mobilizaram moradores de Araçariguama e cidades vizinhas.

Equipes das Polícias Militar e Civil, Corpo de Bombeiros, Guarda Municipal e Comando de Operações Especiais (COE) percorreram áreas de mata, foram até a Represa de Itupararanga.

Também foram feitas buscas em São Roque e em Mairinque, em locais apontados pelo suspeito que a menina poderia ter passado. Na quinta-feira (14), a polícia suspendeu as buscas temporariamente.

Uma perícia será realizada pela equipe técnica Sorocaba no local, que já esta isolado e conta com a atuação de membros da Polícia Militar, Polícia Civil e Guarda Municipal. Os pais da garota já estão no local acompanhando o trabalho das autoridades.

FONTEG1

Quem sou eu

Minha foto

Adilene Martins, noiva, virgeniana 31 de agosto,  educadora física  de profissão. 

Seguidores

Tecnologia do Blogger.

Total de Visualizações

Me siga Retribuo

Quando seguir o blog me avise para eu poder retribuir

Popular Posts

Leitoras

Nome

E-mail *

Mensagem *

Quer pesquisar oque?